Pin It

Toxicologia – O que é? O que pode ser estudado nessa disciplina?

A toxicologia estuda os efeitos adversos que as substâncias químicas podem causar no organismo. Há vários ramos dentro desta disciplina que podem ser estudadas, como por exemplo, toxicologia clínica, toxicologia ambiental, toxicologia forense, entre outros.

Esta matéria visa relacionar as manifestações clínicas produzidas pelas substâncias no organismo e tudo que poderia estar relacionada a ela.

As substâncias químicas citadas acima, que podem causar algum tipo de intoxicação, podem ser de diversas classes:

  • Medicamentos (em caso de doses excessivas ou alguma reação adversa, principalmente em crianças);
  • Venenos (inseticidas de uso doméstico, pesticidas agrícolas, raticidas);
  • Veneno de animais peçonhentos;
  • Presença de metais pesados em alimentos;
  • Produtos de limpeza e sanitizantes;
  • Entre outros.

fundamentos de toxicologia

Toxicologia no curso de Farmácia

A toxicologia não é uma das matérias mais fáceis durante a graduação, ela envolve bastante conhecimento em química, fisiologia, farmacologia, entre outras. Mas é uma disciplina muito instigante, pois alguns conteúdos que são abordados durante o semestre são muito úteis até mesmo no dia a dia, para qualquer pessoa, como é o caso dos estudos de agrotóxicos e/ou metais encontrados em alguns alimentos.

Assim como outras matérias, ela também engloba outras disciplinas, como a farmacologia, química, legislação, para que tudo que for abordado durante o semestre nesta disciplina seja muito bem absorvido pelo aluno e para que o rendimento seja o maior possível.

Além disso, elas são interligadas principalmente na prática, que exigem do aluno um pensamento ágil e concreto para desvendar os casos e hipóteses dos testes realizados durante as aulas práticas.

Toxicologia Clínica

A toxicologia clínica visa os pacientes intoxicados, estudando os melhores tratamentos para cada situação, para isso é necessário diagnosticar as causas da enfermidade do paciente através de métodos analíticos, e então escolher a terapêutica mais adequada.

Toxicologia Analítica

A toxicologia analítica tem o importante papel de analisar as substâncias químicas para que seja possível identificar e quantificar os toxicantes, como são chamadas essas substâncias. Estes toxicantes podem ser analisados através de métodos próprios em vários tipos de materiais, como os materiais biológicos (cabelos, unha, saliva, sangue, entre outros) e materiais não biológicos (solo, água, etc).

Finalidade da disciplina

toxicologia forenseUm termo muito utilizado nesta disciplina é a LD 50, que se refere à dose de uma substância tóxica que mata 50% de uma população teste, essa população teste é uma investigação que pode ser realizado com ratos ou outros animais de testes e geralmente são utilizados para determinar a toxicidade de um toxicante.

Sendo assim, a finalidade desta disciplina é prevenir, tratar e diagnosticar as intoxicações causadas por diversos tipos de substâncias químicas. A toxicidade é a capacidade que uma substância tem de causar maior ou menor efeito tóxico em uma condição padrão de uso.

Sabe-se também que há uma relação direta entre exposição e resposta do individuo com a quantidade de substância que o organismo foi exposto. Além disso, outras variáveis podem ser consideradas como é o caso das vias que foram expostas (respiratório, gastrointestinal, etc), a condição do paciente (imunossuprimido) e o período (agudo ou crônico).

Trabalhar nessa área

O farmacêutico está habilitado para trabalhar neste ramo, caso tenha interesse, inclusive os concursos públicos para este setor é bastante concorrido, principalmente devido ao salário oferecido nestes concursos, além disso, caso o aluno tenha alguma especialização na área, isso conta mais pontos e o salário pode ser ainda maior.

Imagem: http://www.pharmtox.utoronto.ca/

error: Content is protected !!