Pin It

Farmacotécnica – Aprendendo a Produzir Medicamentos

A Farmacotécnica, talvez seja a disciplina mais aguardada pelos alunos do curso de farmácia, pois é onde o graduando irá aprender como produzir os medicamentos.

Para poder produzir, o aluno aprenderá como preparar as drogas (matérias-primas) para transformá-la em medicamentos, ele também terá que estudar sobre as incompatibilidades físicas e químicas, qual forma farmacêutica é mais apropriada para cada tipo de fármaco, purificação, acondicionamento, conservação, dispensação entre outras coisas.

As preparações dos produtos manipulados devem ser feitos de maneira rigorosa. Primeiramente o aluno deve fazer a avaliação da prescrição, posteriormente, fazer a preparação da fórmula farmacêutica e controle de qualidade, e realizar a dispensação desses produtos, visando sempre, que o principal objetivo é manipular medicamentos seguros e eficazes, para que o paciente possa fazer uso deles.

o que e farmacotecnica

Farmacotécnica – Saiba como funciona essa disciplina

Nesta disciplina o aluno aprenderá, sobre as diversas substâncias existentes, onde cada um tem uma função na formulação, portanto, é necessário conhecê-las. Além disso, o aluno também estudará sobre os princípios ativos e suas principais atividades. Também é preciso saber sobre as diferentes formas farmacêuticas (sólido, líquido, semissólido), que é mais adequada para cada tipo de medicamento.

A preparação da fórmula farmacêutica, onde constam todos os componentes necessários para preparar um medicamento, pode ser de dois tipos:

  • Oficinal: a formulação que deverá ser preparada pelo farmacêutico está descrita na farmacopeia;
  • Magistral: a formulação é prescrita pelo médico e o farmacêutico deverá prepará-la de acordo com a receita médica.

Deste modo, sabe-se que todo medicamento possui uma forma e uma fórmula farmacêutica, cuja finalidade pode ser profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico. E todos devem ser preparados assepticamente, acondicionados de maneira adequada e conservados do jeito correto, para garantir que o produto esteja dentro dos parâmetros de qualidade.

Esta matéria é muito fascinante, mas também como outras disciplinas, é necessário associar aos estudos de farmacologia, fitoterapia, homeopatia, entre outras, para facilitar a compreensão e ficar mais fácil associar o medicamento fabricado com tipo de indicação ou seu modo de ação.

Sendo assim, o graduando passa a compreender cada vez mais o funcionamento de uma Farmácia de Manipulação com o decorrer das aulas. Mas para ter uma visão melhor de como funciona uma farmácia, o aluno poderá tentar realizar estágios nesta área.

Setor e Carreira

Atualmente, este setor tem expandido e conquistando cada vez mais pacientes/clientes, já que as receitas médicas são feitas de forma individuais, com dosagens exclusivas para cada paciente, e isso acaba se tornando um atrativo para as farmácias de manipulação.

Nestas farmácias, não vendem somente medicamentos alopáticos e psicotrópicos, mas também fitoterápicos e homeopatias, que também vêm ganhando cada vez mais adeptos, principalmente pelas pessoas que buscam coisas mais naturais para seu dia a dia, mas também podem ser comercializados insumos farmacêuticos e correlatos.

Devido a essa expansão, muitos alunos tem um interesse muito grande em seguir carreira nesta área, depois de formado. É uma boa oportunidade para quem deseja trabalhar com pacientes, ajudando e orientando sobre os medicamentos e o uso racional deles, mas que também deseja trabalhar na parte laboratorial, ou seja, na preparação, manipulação e controle de qualidade dos medicamentos produzidos.

Link extra: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12481373

error: Content is protected !!