Pin It

Farmacologia – O que você vai estudar nessa disciplina?

conceito de farmacologia A farmacologia é uma das disciplinas mais essenciais para o farmacêutico e também muito importantes para os outros profissionais da área da saúde.

A farmacologia é a ciência que estuda como os medicamentos ou substâncias químicas agem no organismo humano.

Além disso, é uma disciplina extremamente importante para que o emprego de medicamentos para cada paciente seja feito da forma mais adequada possível, levando em consideração sua idade e enfermidade.

Esta disciplina engloba o estudo das propriedades físicas e químicas das substâncias, os efeitos fisiológicos, mecanismo de ação, absorção, biotransformação, excreção, terapêutica, entre outros.

Introdução a Farmacologia

A farmacologia é uma disciplina bastante extensa, com muito conteúdo e bem complexa, sendo assim, para facilitar um pouco os estudos, ela pode ser dividida em:

  • Farmacologia geral: estuda os conceitos básicos dos medicamentos ou substâncias capazes de alterar funções ou estruturas do organismo.

Com isso, o foco é estudar para conseguir compreender melhor o comportamento geral dos fármacos como mecanismo de ação dessas substâncias no organismo, para que o profissional consiga fazer um planejamento farmacoterapêutico mais apropriada para cada pessoa, saber quais são as principais interações medicamentosas e saber distinguir os efeitos adversos que um medicamento pode estar causando para o paciente.

  • Farmacocinética: nesta divisão, estuda-se a passagem das substâncias/fármacos pelo organismo, que engloba o processo de absorção, distribuição, biotransformação e excreção dessas substâncias.

Além disso, é muito importante em alguns casos para determinar a melhor posologia, reajustes de doses, ausência de efeitos ou reações adversas, já que cada paciente é único e podem não responder da mesma forma que outros, sendo assim, podem ser necessários um ajuste de dose de acordo com o paciente e tipo de doença. Portanto, a farmacocinética serve para auxiliar o profissional da melhor forma possível.

  • Farmacodinâmica: é o estudo das ações farmacológicas das substâncias/fármacos que atuam no organismo. Essa divisão engloba também quais os processos fisiológicos que podem ser alterados pelos fármacos administrados, além disso, onde pode atuar e quais os receptores envolvidos, o mecanismo de ação, o tipo de efeito e a concentração que a substância pode causar, visando sempre planejar a terapêutica mais adequada para cada paciente.

Mas deve-se lembrar de que estas divisões são separadas somente na teoria, pois na prática andam juntas e uma complementa a outra.

  • Farmacologia clínica: nesta divisão, é possível estudar os efeitos dos medicamentos diretamente nos seres vivos, de uma forma mais aprofundada, para que seja possível avaliar sua segurança e eficácia.

farmacocinetica

A importância para outras disciplinas

A farmacologia é encantadora e anda junto com diversas disciplinas, uma complementando a outra como é o caso da fisiologia, bioquímica, toxicologia, química farmacêutica, entre outras.

No caso da fisiologia, para entrar no mundo dos fármacos e descobrir seu modo de atuação, efeitos adversos e etc, temos que saber muito de fisiologia e também de bioquímica, pois estas disciplinas irão dar suporte para a compreensão de como o organismo funciona em seu estado normal, sendo assim, quando houver a necessidade do uso de alguma substância/fármaco é possível então saber sobre mecanismos de ação da substância no organismo humano, bem como interações medicamentosas se dois ou mais fármacos utilizarem o mesmo receptor ou enzimas para exercer sua atividade.

Já na toxicologia, a farmacologia deve sempre estar lado a lado, pois quando se utiliza uma substância, sendo conhecida ou não, que pode em determinada concentração causar um efeito positivo ou negativo para o paciente, é necessário que haja uma complementaridade entre estas disciplinas, para que caso haja uma intoxicação medicamentosa, seja possível descobrir qual substância/droga causou estes sintomas e também quais as formas de reverter este quadro.

Em relação à química farmacêutica, o modo da fisiologia poder contribuir para esta disciplina pode ser um pouco diferente, mas o que não deixa de ser algo positivo, pois para muitas indústrias e laboratórios de pesquisas, o conhecimento adquirido nas aulas de fisiologia e farmacologia é muito importante, para que seja possível pelo menos pensar em desenvolvimento de novos fármacos e estudar os que já estão no mercado, relacionando sua estrutura química com os sítios de ação no organismo humano ou animal.

Logicamente, a química farmacêutica é muito maior e mais complexa do que está resumido aqui, mas isso foi somente uma maneira de dizer o quanto a farmacologia é importante para as diversas áreas da saúde, principalmente médicos e farmacêuticos, além disso, também esta vinculada de uma forma ou de outra a várias disciplinas que também são muito importantes para o graduando em farmácia e é fascinante ver como uma complementa a outra.

Conhecimento adquirido na disciplina

Todo conhecimento adquirido em farmacologia deve ser utilizado da melhor forma possível, com ética e respeito ao próximo, pois um medicamento errado pode causar consequências gravíssimas para o paciente. Desta maneira, assim como citei no início deste texto, esta disciplina é essencial para quem quer se tornar um ótimo farmacêutico, principalmente para aqueles que irão trabalhar diretamente com pacientes, como é o caso de drogarias, farmácias de manipulação, farmácias hospitalares, entre outros.

error: Content is protected !!