Pin It

Química Orgânica – Saiba como funciona essa disciplina (Resumo)!

A Química Orgânica é uma divisão da Química, assim como a Química Analítica. Esta disciplina aborda os compostos que contêm carbono e que também podem ser chamados de compostos orgânicos. Porém, nem todos os compostos que contém carbono são orgânicos, como é o caso do grafite, dióxido de carbono, etc.

Química Orgânica

Propriedades do Carbono

  • Tetravalente: ele possui 4 elétrons na última camada eletrônica, portanto efetua 4 ligações;
  • Cadeias Carbônicas: ele pode ligar-se a vários átomos de carbono, que dará origem as cadeias, que tem disposições e tamanhos variados;
  • Ligações múltiplas: pode fazer ligações simples, duplas ou triplas;
  • Hibridização: admite três tipos de hibridização, que são sp, sp3 e sp2.

A presença do elemento Carbono é obrigatória em todos os compostos orgânicos, porém, nestes compostos também podem ser encontrados outros elementos além do carbono, como é o caso do Hidrogênio (H), Nitrogênio (N), Oxigênio (O), Enxofre (S), e Halogênios (Flúor, Cloro, Bromo e Iodo).

química organica

As cadeias carbônicas podem ser classificadas de acordo com algumas características:

Classificação do carbono na cadeia:

  • Carbono primário – ligado a um ou nenhum átomo de carbono diretamente;
  • Carbono secundário – ligado diretamente a dois átomos de carbonos;
  • Carbono terciário – ligado diretamente a três átomos de carbono;
  • Carbono quaternário – ligado a quatro átomos de carbono diretamente.

Classificação das cadeias carbônicas, de acordo com:

  • Disposição dos átomos de carbono, que podem ser de: Cadeia Aberta ou Acíclica (normal, reta ou linear), Ramificada, Cadeia Fechada ou Cíclica, Aromática;
  • Tipo de ligação entre os átomos de carbono, que pode ser: Saturada (somente ligações simples entre os carbonos) ou Insaturada (tem pelo menos uma ligação dupla ou tripla entre os carbonos);
  • Natureza dos átomos que compõe a cadeia: Homogênea (apenas átomos de carbono) ou Heterogênea (contém um ou mais heteroátomo na cadeia);

Hidrocarboneto

Os compostos formados somente com os elementos Carbono e Hidrogênio, são denominados de Hidrocarbonetos. A estrutura dos hidrocarbonetos é composta pelos átomos de carbono no qual os hidrogênios estão ligados a eles.

Os hidrocarbonetos possuem várias cadeias, que podem ser classificadas em:

  1. a) Hidrocarbonetos alifáticos (cadeia carbônica acíclica ou aberta), eles podem ser divididos em:
  • alcanos: possuem cadeias abertas e ligações simples entre os carbonos;
  • alcenos: contém uma ligação dupla entre os carbonos e cadeia aberta;
  • alcinos: tem uma ligação tripla entre os carbonos e cadeia aberta;
  • alcadienos: cadeia aberta e possuem duas ligações duplas entre os carbonos.
  1. b) Hidrocarbonetos cíclicos (cadeia carbônica fechada) podem ser divididos em:
  • ciclanos ou cicloalcanos: possuem cadeia fechada e as ligações são simples entre os carbonos da cadeia;
  • ciclenos ou cicloalcenos: possuem uma ligação dupla entre os carbonos e cadeia fechada;
  • aromáticos: possuem pelo menos um anel benzênico na cadeia carbônica.

Funções Orgânicas

Função orgânica é caracterizada como substâncias que possuem a mesma fórmula estrutural e semelhanças relacionadas às suas propriedades químicas, que são chamadas de propriedades funcionais.

A fórmula estrutural que é formada de átomos ou grupos de átomos chama-se grupo funcional. Os grupos funcionais existentes na química orgânica podem ser classificados como:

  1. Álcoois: contém um ou mais grupos Hidoxilas (OH) ligados a um carbono saturado;
  2. Fenóis: contém uma Hidroxila (OH) ligada diretamente a um anel aromático;
  3. Éteres: são compostos que possuem um Oxigênio (O) situado entre dois átomos de carbonos;
  4. Aldeídos: compostos que contém um grupo funcional chamado de Carbonilo, aldo, aldoxilo ou formil (CHO);
  5. Cetonas: compostos orgânicos que contém grupo funcional denominado de Carbonila, ceto, cetoxilo ou oxo entre os carbonos (C=O);
  6. Ácidos Carboxílicos: possuem um grupo carboxila ou carbóxi (COOH);
  7. Ésteres: composto proveniente dos ácidos carboxílicos (COOH), que substitui o hidrogênio (H) presente na hidroxila (OH) por um grupo orgânico (COO-R);
  8. Aminas: proveniente da Amônia (NH3) ocorre à substituição de um, dois ou três hidrogênios (H) por grupos orgânicos, formando Amina primária (R-NH2), secundária ou terciária;
  9. Amidas: proveniente do ácido carboxílico (COOH) ocorre substituição da hidroxila (OH) por uma amina primária (-NH2), secundária ou terciária.

Sobre a disciplina e mercado de trabalho

aula de quimica organica

Desta maneira, percebe-se que não é uma disciplina muito tranquila, pois o aluno terá que aprender não somente as formulas moleculares e estruturais da química orgânica, mas também aprenderá como são as regras para dar nomes a cada composto existente nesta matéria.

Além disso, o graduando terá aulas práticas para que todo conhecimento adquirido também possa ser aplicado.

Em relação ao mercado de trabalho, o profissional que tem afinidade por esta área pode atuar em indústrias químicas, farmacêuticas, cosméticas ou também seguir carreira acadêmica e de pesquisas nas instituições de ensino.

Link de referência: Drugs Molecule Chemistry

error: Content is protected !!
/* ]]> */