Pin It

Piso Salarial Farmacêutico – Qual é o salário do profissional?

piso salarial de farmaceuticoO Brasil, por ser um país que possui uma extensão territorial bastante significativa, faz com que ocorra uma variação em relação aos salários. Essa variação pode ser devido à economia, infraestrutura, desenvolvimento e quantidade de vagas que determinadas regiões oferecem para esses profissionais, principalmente os da área da saúde.

Há muita discrepância em relação ao piso salarial do farmacêutico e cabe ao profissional buscar e analisar as melhores oportunidades, conciliando com seus objetivos.

O piso salarial do farmacêutico varia de estado para estado, esses valores são definidos em convenções e acordos coletivos firmados nos Sindicatos de cada Estado. Além disso, o piso também pode ter uma pequena variação em determinadas regiões dentro do próprio Estado (por exemplo, região do ABC, no estado de São Paulo), de acordo com a função exercida e o número de horas semanais que o profissional irá trabalhar.

Piso Salarial do Farmacêutico

Citarei a seguir, algumas referências do piso profissional farmacêutico, de acordo com o sindicato de alguns Estados. Por exemplo:

Estado de São Paulo Valor (Ano 2016/2017)
Farmácia/Drogaria R$ 2.945,00
Distribuidora R$ 2.958,00
Hospital e Lab. Análises Clínicas R$ 1.570,00 à R$ 2.400,00
Indústria Farmacêutica R$ 1.593,00 à R$ 2.280,00

 

Estado de Minas Gerais Valor (Ano 2016)
Farmácia/Drogaria

Distribuidora

44 horas semanais – R$ 4.122,24
40 horas semanais – R$ 3.747,49
30 horas semanais – R$ 2.810,62
20 horas semanais – R$ 1.873,74

 

Estado do Paraná Valor (Ano 2016/2017)
Farmácia/Drogaria R$ 2.928,00
Hospital R$ 2.450,00 à R$ 2.850,00
Lab. Análises Clínicas R$ 2.461,00
Indústria Farmacêutica R$ 3.018,00

 

Estado de Rio de Janeiro Valor (Ano 2016)
Farmácia/Drogaria

Distribuidora

R$ 2.684,99
Indústria Farmacêutica R$ 3.380,00

 

Estado do Ceará Valor (Ano 2016)
Farmácia/Drogaria

Distribuidora

44 horas semanais – R$ 3.216,00
36 horas semanais – R$ 2.631,00
30 horas semanais – R$ 2.193,00
20 horas semanais – R$ 1.462,00

Desta forma, é possível notar a diferença entre os pisos salariais de alguns estados. Apesar desta discrepância e da atual situação do Brasil, o mercado farmacêutico ainda é favorável, tem registrado um crescimento no mercado, mesmo com a crise enfrentada pelo país.

Alguns estudos apontam que este setor possui uma taxa de empregabilidade bastante relevante, sendo que quase todos os profissionais estão empregados na área.

Conforme estimativas feitas por analistas de mercado, no segundo semestre de 2017 a economia brasileira deverá começar a reagir. Com isso, é possível que o mercado farmacêutico aumente ainda mais sua expansão, pois a indústria prevê um crescimento de até dois dígitos e com isso pode haver as chances de novas contratações.

No setor de farmácias e drogarias, que cresceu muito nos últimos anos, a perspectiva é de que este ritmo se mantenha, pois há vários fatores que facilitam esta situação, como o envelhecimento da população com aumento da expectativa de vida, introdução de novos medicamentos e insumos farmacêuticos, inovação nos produtos voltados para beleza e bem-estar (como é o caso dos nutricosméticos, nutracêuticos e dermocosméticos), que vem conquistando cada vez mais os clientes.

Sendo assim, apesar do piso salarial ser diferente em cada estado, percebe-se que é uma área excelente para quem tem interesse em atuar no setor farmacêutico e está em busca de crescimento profissional, pois a chance de crescer profissionalmente e conseguir uma ótima remuneração, pode ser possível. Mas, lembrando que esta possibilidade é devido a expansões neste setor e também das diversas funções que o profissional pode optar em trabalhar.

error: Content is protected !!
/* ]]> */